Equipamentos, técnicas de abordagem e o sistema integrado de informações penitenciárias (Infopen) foram alguns dos temas do I Encontro dos Diretores de Segurança do Sistema Prisional, realizado pela Secretaria de Estado de Defesa Social, ontem, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Belo Horizonte. O secretário Maurício Campos Júnior participou da abertura.

Visto pelos organizadores do Encontro como peça-chave do sistema de segurança prisional, o Infopen foi também o tema que mais agradou aos participantes.

“O Infopen é um facilitador do combate à criminalidade, mas nem sempre é bem aproveitado. Neste sentido, a palestra foi muito esclarecedora. Mostrou o quanto é importante detalhar ao máximo o perfil dos detentos”, ressaltou o diretor de segurança do Presídio de São João Del Rey, Diovane Cardoso Ribeiro.

O sistema foi criado para que os agentes de segurança do Estado (polícias civil, militar, justiça e defesa social) tenham acesso às principais informações dos detentos de forma integrada. O Infopen tem espaço para detalhamentos como número de visitas recebidas, cartas, telefonemas realizados e recebidos, tatuagens, cicatrizes e até apelidos. Características que podem facilitar e agilizar a identificação. “Quanto mais rico for o perfil, mais ágil é o trabalho dos agentes de segurança na prevenção de situações adversas”, explica a palestrante e coordenadora geral do núcleo de Infopen da Superintendência de Articulação Institucional e Gestão de Vagas da Seds, Ana Carolina Nunes.

“As palestras sobre o sistema integrado de informações e o uso de armas químicas não-letais foram muito proveitosas”, destacou o coordenador do Gite do Centro de Remanejamento de Segurança Prisional de Belo Horizonte, Marcelo Claudiano Calixto.

“Procuramos falar um pouco sobre a importância de cada um dos setores de segurança, desde escoltas e intervenções até um simples bom dia às pessoas que visitam seus parentes nas unidades prisionais”, resumiu o diretor de segurança externa da Superintendência de Segurança Prisional da Seds, André Mourão.

Para a diretora de segurança do Complexo Penitenciário Feminino Estêvão Pinto (Piep), Luciana Maria de Oliveira, os encontros devem ser realizados com freqüência. “Esses eventos são importantes para padronizar as ações de segurança, devem acontecer sempre”, opinou a diretora que também apontou a palestra sobre o Infopen como um dos pontos altos do encontro.

Dentre as palestras de hoje, segundo e último dia do evento, estão gestão penitenciária e procedimentos para escolta.

Fonte: jornal Minas Gerais, 16/9/2008

Service Desk

Precisou de algum suporte ou informação? Entre em contato com o Service Desk da Prodemge. Atendimento 24 horas, 7 dias na semana, por e-mail ou telefone.

 

(31) 3339 1600

(31) 3339 1251 - Certificação Digital: informação e suporte

 

Veja se sua dúvida é solucionada por meio da sessão Dúvidas Frequentes.

Dúvidas Frequentes

banner SDM web

banner SDM web

fale conosco OGE

Powered by ChronoForms - ChronoEngine.com